Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog
8 décembre 2014 1 08 /12 /décembre /2014 11:00

30 de outubro de 2014 – Forun de Vila Velha – E.S.

Grande expectativa. Pela primeira vez, depois de quase 25 anos teríamos um Juri Popular, ou seja, além do Promotor, do Juiz e dos advogados, pessoas nomeadas pela justiça teriam o poder de julgar, absolver, condenar. Era o grande momento esperado por franceses e brasileiros. Tempo sofrido, chorado, mas jamais calado. Era chegada a hora do reconhecimento da árdua luta do Dr. Ewerton Montenegro que com sabedoria, garra e paixão pela Justiça não esmoreceu jamais defendendo a tese de “Crime de Mando”.

 

O início do Juri estava marcado para iniciar às 09:hs. O povo fiel, perseverante começou a chegar às 08:30. Rostos conhecidos, companheiros do mesmo caminho, vindos de longe e de perto, letrados ou não, mas todos ansiosos por ouvir a notícia tão esperada, o dia da verdade anunciada. Verdade dos fatos sufocados durante tantos anos por ordem vindas sabe-se lá de onde e de quem. Verdade que todos esperavam ouvir: quem deu o tiro que matou Gabriel? O nome, ou os nomes dos mandantes do crime?

 

No amplo auditório todos esperavam o início dos trabalhos. Presentes no recinto: Drª Verônica, Dr. Eric, o Promotor, Dr. Martinele, testemunhas de acusação e o réu. Faltava apenas o Juiz para dar início ao tão esperado julgamento.

 

É importante lembrar a entrada da Drª Verônica. Sempre muito segura de sua missão. Levava nas mãos o Dossiê do Dr. Ewerton, seus paramentos (roupa de advogado). Ao transpor a porta que dava acesso ao auditório, já no corredor entre as cadeiras, parou, me olhou serenamente e com muita convicção e fé disse: “entro acompanhada, Gabriel de um lado, Dr. Ewerton do outro e Roberto atrás de mim”.

 

O relógio já marcava 10:hs quando chegou o Juiz. Todos atentos! O réu tomou o lugar destinado a ele. Os advogados, o Promotor e o Juiz confabularam entre si por alguns minutos. Logo depois o Juiz pegou o microfone, justificou o atraso e derramou sobre nós aquilo que não queríamos ouvir: “não haverá julgamento, pois o réu não está acompanhado do seu advogado e das suas testemunhas. Marcaremos uma nova data”.

 

Desanimados? NÃO ! O tempo passou, mas permanece a esperança, o sonho... Sonho teimoso de vida, liberdade e justiça que pulsou no coração do Gabriel e continua pulsando no coração da gente.

Carlita

Partager cet article

Repost 0
Published by "Les amis de Gabriel Maire" - dans Nouvelles des amis de Vitoria Procès Em Português
commenter cet article

commentaires

Présentation

  • : Les amis de Gabriel MAIRE
  • Les amis de Gabriel MAIRE
  • : L'association "Les amis de Gabriel MAIRE" a été créée après l'assassinat de Gaby au Brésil le 23 décembre 1989. . A associação "les Amis de Gabriel Maire" foi criada depois da morte do Padre Gabriel em Brasil o 23 de dezembro de 1989.
  • Contact

A partir de novembre 2014, le blog devient bilingue. Les pages pour nos amis brésiliens sont visibles à partir du lien "Em portuguès" N'hésitez pas à vous inscrire ci-dessous pour être informé des mises à jour. Merci !

A partir de novembro de 2014 o blog se torna bílingue. As páginas para os nossos amigos brasileiros ficarão disponíveis com o "vínculo "Em português". Não hesitem em inscriverem-se para serem informados das notícias actualizadas.Obrigada !

Recherche